Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Porque Sim!

Porque Sim!

Livro: As Areias do Tempo de Sidney Sheldon

areias.PNG

 

“A Espanha, com as suas paixões ardentes, ainda dilacerada pelos ódios da sangrenta Guerra Civil, é o cenário deste romance. A história passa-se logo depois da morte de Francisco Franco, o ditador que governou o país com mão de ferro por quase quarenta anos.”

 

Resumo:

Em 1976 o carismático e idealista Jaime Miró disfarçado de padre liberta da cadeia em Pamplona dois companheiros condenados à morte e foge, perseguido pela policia e pelo exercito.

O cruel e vingativo coronel Ramón Acoca, no comando da implacável perseguição, desconfia de que os bascos estão escondidos num convento cisterciense nos arredores de Ávila e resolve invadi-lo. Essa decisão desencadeia acontecimentos que vão emocionar as pessoas no mundo inteiro, que por duas semanas acompanharão uma terrível caçada humana.

Na pungente beleza da região rural espanhola, o convento cisterciense repousa imaculado em eterna devoção a Deus . As freiras dessa ordem uma das mais rigorosas do mundo, obrigadas ao silêncio e à reclusão absoluta, subitamente expulsas do ambiente aconchegantes e seguro do convento, são brutalizadas e levadas presas para Madrid.

Mas quatro destas freiras conseguem escapar e arremessadas ao perigo e ajudadas pelo grupo fugitivo de Jaime Miró. Na aventura vêem-se presas de paixões proibidas a que não podem ceder mas que não ousam negar.

Irmã Teresa, irmã Lúcia, irmã Graciela e irmã Megan são as figuras principais desta aventura inesquecível , que combina ação constante e atrações irresistíveis, com um suspense excecional, as descobertas sucedem-se a todo instante, no ritmo vertiginoso e fascinante que só um autor como Sidney Sheldon é capaz de oferecer.

 

Jaime Miró foi a luta da ETA, mesmo sendo terrorista, não conseguimos odiá-lo porque a polícia espanhola era muito pior que os terroristas…

 

Um livro repleto de suspense, ação, sensualidade e uma escrita que nos prende do inicio ao fim…us usually!

 

Boas leituras!

Teresa S.

4 comentários

Comentar post