Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Porque Sim!

Porque Sim!

Aqueduto das águas livres

Setembro 08, 2017

IMG_6739.JPG

Já há algum tempo que tinha vontade de visitar o Aqueduto, fui e gostei bastante.

O bilhete é de 3€.

Podemos fazer o caminho do lado direito ou esquerdo, só dá para mudar de lado numa das passagens no início do percurso.

Fomos por um lado a pensar que no fim tinha uma passagem para o outro, mas tivemos de voltar pelo mesmo caminho, para ter acesso ao outro lado.

IMG_6741.JPGIMG_6738.JPG

IMG_6742.JPGIMG_6747.JPG

IMG_6748.JPGIMG_6753.JPG

Marina

 

 

Restaurante e Frutaria: Frutalmeidas

Junho 16, 2017

Hoje deixo-vos aqui uma sugestão para quem for a Lisboa e quiser uma refeição rápida, económica, nutritiva e deliciosa :)

O Frutalmeidas e fica na Av. de Roma.

foto2.PNG 

 

O Frutalmeidas começou por ser uma frutaria. Mais tarde, o espaço estendeu-se para um café e esplanada e destacou-se, tornando-se uma referência.

Para além de vender fruta, passou a ter disponíveis sumos naturais variados, tais como, de ananás, meloa, morango, pera, maçã, kiwi, laranja, melancia, cereja…

Igualmente famosos são os Pastéis de massa tenra, os Srs. Pastéis de massa tenra (sempre a sair, sempre quentinhos) e o bolo de morango, com morangos e resmas de chantilly.

pastel.PNG

BOLO.PNG

E pronto!  Já comia uma sopinha, um pastel...ou dois e um suminho :):)

Adoro!!!

 

Teresa S.

Lisboa é em Portugal ?!?!.!

Maio 02, 2017

image_2017-05-01_10-04-07.png

 

Este fim de semana resolvemos ir beber um Cocktail a um Rooftop situado num hotel em Lisboa.

Quando nos aproximamos do elevador, o empregado do hotel diz-nos para ir no outro pois estava a verificar se este não estaria avariado. Nada de estraordinario se a explicação não tivesse sido em inglês ( mas estávamos num hotel, a maioria dos clientes não é portuguesa) .

 

De seguida resolvemos ir comer uma sandocha de queijo da serra  na Praça da Figueira. Quando chegamos, uma das bancas estava a dar a provar os seus artigos e a senhora olha para nós e diz "trie, trie" . São tantos os estrangeiros em Lisboa, que a primeira abordagem de alguns comerciantes é em inglês .

Ok, voltei a cair na realidade quando me pediram 5€ por um copo de sangria 

Á nossa volta, poucos eram os que estavam a falar português, por isso voltei a casa com a sensação que dei um santinho ali "ao estrangeiro" e já voltei.

Marina

Falando de música portuguesa... GNR FADISTA!

Junho 21, 2016

Dedica-se à canção portuguesa nas horas vagas, mas a sua profissão é bem diferente, a Carla é GNR de profissão!

 1 (1).PNG

Carla Sofia Marono nasceu num bairro típico lisboeta e era ainda miúda quando mudou-se para a Margem sul, era no fado que refugiava as saudades que sentia dos seus amigos.

Cantava na varanda da sua casa para uma plateia fictícia e o fado foi entrando na vida de Carla.

Em 2006 após um período difícil da sua vida teve de recomeçar, e resolveu concorrer a GNR, ficou apurada.

Cantou pela primeira vez acompanhada pela viola e guitarra numa noite de fados para arranjar fundos para uma Associação de Rancho Folclórico onde dança, nessa noite teve logo sucesso, a partir daí não pararam as oportunidades.

Ao fim de semana troca a farda pelo xaile e hoje são inúmeros os convites que recebe para cantar, canta praticamente todos os fins-de-semana e já gravou um CD.

 cd.PNG

Costuma dizer que tem no corpo a farda e na alma o fado.

Num dos seus fados há uma estrofe que descreve a sua vontade de cantar:

“Quando canto não penso no que a vida é de má

Nem se quer me pertence nem o mal se me dá”

 

Já tive o prazer de a ouvir ao vivo e junto apenas um tema de que gosto particularmente.

 

Partilhem com quem quiserem, com quem poderem porque a Carla...Merece ser ouvida!

06 Fado da Sina.mp3

 

Teresa S.

 

 

 

 

 

 

Croissants do Careca

Junho 10, 2016

careca 2.jpg

São considerados dos melhores croissants de lisboa.

São bem docinhos e quando comidos quentes, são divinais.

Mas o que eu mais gosto desta pastelaria, são mesmos os Palmiers. Por vezes "alguém" trás para o nosso trabalho e parecemos formigas de volta dos Palmiers, uns gostam de mal cozidos e outros (o meu caso) deles tostadinhos (ficam caramelizados).

careca.jpg

 

Confesso que quando vou à pastelaria, peço um croissant e 100gr de palmier  e depois ando dias a lamentar as calorias (cenas de gajas)

Deixo o link para quem não conhece:

http://pastelariaocareca.pt/pt/ms/ms/croissants-1400-139-lisboa/ms-90033897-p-4/

Marina

A minha ida à feira do livro.

Junho 06, 2016

feira (2).png

Já não ia há alguns anos e este ano passei por lá.

Ando demasiado preguiçosa para ler e como tenho 3 livros na mesa-de-cabeceira, não ia com intenções de comprar nada para mim.

 

Para quem desconhece, existe a hora “H”, esta é das 22h às 23h onde se efetua um desconto de 50% sobre o preço de venda ao público (não sobre o preço de feira) desde que a edição do livro tenha mais de 18 meses.

Fui comprar livros de preparação para o exame de matemática do 12º ano e valeu bem a pena.

 

image_2016-06-03_19-19-05.jpeg

 

Depois parei nos livros infantis, para a minha sobrinha, claro!

 

image_2016-06-03_19-19-48.jpeg

 

E por fim, lá acabei por comprar qualquer coisita para mim….

Comprei uma mandala para pintar…. É um anti stress não “olhem” para mim desse jeito, agora tenho de comprar lápis de Cor…

 

image_2016-06-03_19-20-19.jpeg

 

E também pensei neste nosso espacinho, achei tão interessante este livro que vou ler e partilhar convosco.

image_2016-06-03_19-20-49.jpeg

 

 

E soube muito bem este passeio no fim de um dia de trabalho

Marina

É oficial, está aberta a época das sardinhas!

Junho 02, 2016

foto mon.PNG

Junho é o mês dos Santos Populares com festas e arraiais por todo o país principalmente nas noites de Santo António, de São João e de São Pedro.

Não faltam bancas pelas ruas e tascas onde o cheirinho da sardinha se faz sentir e promove noites de grande animação, em que o povo vem para a rua comer, beber e divertir-se pelas ruas dos bairros populares, e não só, onde se veem balões coloridos, marchas populares, manjericos e onde a sardinha , no prato ou no pão, é rainha :)

 

bandeiras.PNG

 

“Em Junho todos bailam

Assim é a tradição

As ruas estão enfeitadas

Lá de cima até ao chão

 

Há festa em Portugal

São os Santos Populares

Da sardinha ao manjerico

Os cheiros andam pelos ares”

 

manjer.PNG

Divirtam-se muito!

 

Teresa S.

 

Mais sobre mim

foto do autor