Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Porque Sim!

Porque Sim!

Para cima de Puta - o Livro

Novembro 30, 2020

250x.jpg

Tinha curiosidade e comprei.

No livro a Cristina Ferreira faz uma compilação, categoriza e comenta algumas das ofensas a que foi sujeita nas redes sociais. No final podemos ler a opinião de alguns profissionais, um psicólogo, um sociólogo entre outros sobre o cyberbullying.

O livro não nos conta nada de novo, faz uma chamada à reflexão sobre o tema e as receitas irão ser doadas a associações dedicadas a combater o bullying.

 

Por várias vezes estive para fechar as minhas redes sociais por ler tanta injustiça, ofensa e ódio, não para comigo, que raramente publico, mas com o que leio relativamente aos outros.

Tenho a sensação que voltamos ao julgamento publico, sem dó nem piedade.

 

Está fora do controlo e algo tem de ser feito, por isso assinei a petição, que deixo aqui, caso tenham interesse em assinar.

https://peticaopublica.com/mobile/pview.aspx?pi=odioviolencianet&fbclid=IwAR0MJChMp3UCIISDeiOMzVtR8o5GmsNXQMLma4LIkLVNdOT6hwGLu9Z4H2A

 

Fiquem bem 

Livro "Continua Desaparecida"

Agosto 20, 2019

Continua Desaparecida.png

Foi uma das minhas leituras destas férias e adorei.

 

Relata a história de uma agente imobiliária que é raptada.

A história é-nos contada, em monologo, nas sessões com a psiquiatra, por isso sabemos à partida que ela conseguiu fugir, mas muitas são as perguntas que vão surgindo e sendo respondidas ao longo dos capítulos, entre as quais, porquê ela?

A história, é relatada de uma forma tão gráfica que nos trás todo o tipo de emoções e nos deixa perplexos com algumas descrições e não só...

Tive dificuldade em parar de ler, pelo que, para quem gosta do género de thriller psicológico, recomendo.

Livro: Helena de Machado de Assis

Maio 18, 2017

LIVROCapture.PNG

 

Publicado em 1876, Helena é caracterizado como um romance urbano de Machado de Assis, por fazer críticas aos costumes sociais do século XIX.

 

O romance acontece por volta de 1850, numa sociedade extremamente religiosa e moldada pelos preceitos católicos. Neste livro Machado de Assis faz uma crítica à sociedade de aparências.

 

O livro tem um enredo fechado, onde começa com o assunto morte, a morte do Conselheiro, e termina com o mesmo assunto, a morte de Helena.

 

Outras características presentes nos textos são a melancolia, a ironia. A protagonista Helena é caracterizada pelos traços fortes das personagens femininas.

 

Uma linguagem muito culta que depois de ler tantos Best sellers internacionais, estranhei a escrita.

 

Resumo:

A história começa com a morte do Conselheiro. No seu testamento, descreve a jovem Helena como sua filha e herdeira de toda a sua fortuna, desejando que ela assuma o seu lugar em casa. Todos acreditam nas últimas palavras deixadas pelo Conselheiro, mas Helena sabia que a verdade não era essa, mas o desejo de ascender socialmente, a faz aceitar a situação. Dª Úrsula, irmã do Conselheiro, e o filho legitimo deste, Estácio, encantam-se com Helena.

Helena começa a assumir o seu lugar na casa, sendo uma dona de casa com pulso firme, dirigindo a propriedade melhor do que Dª Úrsula fazia antes do Conselheiro falecer. Ela consegue impressionar não só a “sua família”, como também as pessoas da cidade, pois além de ser uma mulher equilibrada, também ostentava uma beleza invejável.

Com o passar do tempo, Estácio, seu suposto meio-irmão e Helena apaixonam-se. Por um lado, Estácio, martiriza-se por estar apaixonado pela sua meia-irmã. Do outro, Helena, que sabia toda a verdade, mas não podia contar com medo de perder tudo o que havia conquistado.

Um certo dia, ao ver Helena indo visitar a chácara que a família possuía (a qual ela fazia visitas periódicas), Estácio decide segui-la, e descobre Salvador o pai de sangue de Helena.

Descoberta a verdade Helena entrega-se ao desgosto e após uma chuva forte, fica muito doente, à beira da morte. Estácio, totalmente apaixonado por ela, resolve ir cuidar da sua amada e lhe faz uma declaração. Momentos depois, ela morre…

E foi esta parte que menos gostei, pois é assim, ela morre porque sofria de desgosto e apanha uma molha e morre, assim…fácil…

 

Boas leituras!

Teresa S.

Livro: "O Casamento" de Danielle Steel

Maio 10, 2017

Desta vez li um livro da mundialmente best seller Danielle Steel

Há long time ago li muitas obras desta autora, desta feita resolvi pegar num livro dela “ O Casamento”

 

livro (2).PNG

Resumo:

Simon, um produtor de cinema, e Blaire, uma roteirista de TV, desafiam os clichês de Hollywood ao permanecerem casados e felizes por mais de duas décadas, com três filhos bem-sucedidos e realizados. Mas uma decisão de Allegra, a mais velha do trio, acaba por afetar a vida de todos. Advogada de astros do cinema, ela dedica-se exclusivamente à sua carreira, sem tempo para a vida pessoal, até que resolve se casar. Os preparativos para a cerimônia trazem à tona o melhor e o pior de todos os envolvidos. À medida que os casais da família se vêem diante de promessas quebradas e novas esperanças, emerge o real significado do casamento de Allegra. Com um irresistível retrato de pessoas reais em um mundo irreal, Danielle Steel usa o universo cinematográfico como cenário para revelar os sonhos, os temores e as expectativas de uma cerimônia que nos une e todos, e transforma para sempre a vida de homens, mulheres e famílias de verdade… o casamento.

 

Muito romanceado ao estilo de Danielle Steel, prende à leitura? sim, contudo o final é o esperado e desejado ao longo do conteúdo.

Como a história se passa no mundo do cinema, achei piada ao fato de Jack Nicholson e Barbara Streisand entrarem como figurantes

Mensagem transmitida: O exaltar dos valores da família e do verdadeiro amor.

Para a noiva, a cerimônia é uma ponte entre o passado e o futuro. Para seus pais, é uma oportunidade de reforçar os laços que os uniu até ali. Uma oportunidade de reconciliação e de renovar as esperanças.

 

Boas leituras!

Teresa S.

"A Lua de Joana"

Março 17, 2017

Bom dia!

Lembram-se do livro que vos falei à algum tempo atrás?

(pode rever abaixo)

 

Agora poderá ver a peça de teatro em cena no Teatro de Carnide.

 

A Umbigo - companhia de teatro vai representar a “A lua de Joana” a partir do livro homónimo de Maria Teresa Gonzalez. O espetáculo pode ser visto entre hoje e sábado às 21:30 e no domingo as 17:00.

 

Peça com uma mensagem profunda, a ser vista por todos os pais e filhos adolescentes.

 

teatro.PNG

 

morada (1).PNG

 

 Bom fim de semana!

Teresa S.

 

 

 

 

Capturar.PNG

Este livro da autoria da escritora Maria Teresa Maia Gonzalez, que trata o tema da toxicodependência, já conta com mais de 20 anos, contudo é uma história… de hoje.

É a história de Joana que perdeu recentemente a sua melhor amiga, Marta, devido a uma overdose. O livro pode ser considerado uma espécie de diário (apesar de não o ser) em que Joana escreve cartas para a sua amiga que já morreu. Conta-lhe todos os acontecimentos do seu dia a dia.

Pouco tempo depois, Joana perdoa a melhor amiga, porque ela própria acaba por se envolver nas drogas…

A história acaba com o pai de Joana a ler os seus relatos, sentindo-se impotente pelo facto de não ter ajudado a sua filha quando esta mais precisou…

Este livro no plano nacional de leitura já foi recomendado para o 8º ano de escolaridade, contudo recomendo os pais a lê-lo porque ao lermos a «Lua de Joana», não podemos deixar de pensar na forma como, muitas vezes, relegamos para segundo plano aquilo que realmente é importante na vida.

Este livro alerta-nos para a importância de estarmos atentos a nós e ao outro, e de sermos capazes de, em conjunto, percorrer um caminho que conduza a uma vida plena.

 

Teresa S.

Livro "A Fúria dos Anjos" Sidney Sheldon

Março 16, 2017

a furia (1).PNG

Já aqui tinha mencionado o meu apreço pelo escritor Sidney Sheldon.

O livro a “A Fúria dos Anjos” é um dos meus preferidos.

Li-o já à alguns anos emprestado por uma colega de trabalho e à relativamente pouco tempo comprei-o numa Feira de Velharias.

 

Este livro é tão envolvente que absorvemo-nos a cada palavra, começando a lê-lo é impossível não nos envolvermo-nos na vida de Jennifer.

 

Resumo:

O livro conta a história de Jennifer Parker, uma principiante em advocacia, que vai para Nova York com a intenção de se tornar assistente do Robert Di Silva, promotor distrital.

Porém, fase à sua ingenuidade é enganada por Michael Moretti (pertencente à mafia), e atrapalha o julgamento.

Di Silva fica furioso e faz com que ela perca a possibilidade de exercer sua função.

Jennifer começa o envolvimento com Adam Warner, um belo advogado, casado e com a perspetiva de se tornar o novo senador e depois presidente dos Estados Unidos.

Mas a mulher de Adam arma uma situação para que ela continue com o marido.

Jennifer tem um filho Adam, Joshua. Pelas vicissitudes da vida nunca tem oportunidade de contar a Adam.

Junto a um amigo detetive, Jennifer, contrariando todas as possibilidades, consegue dar a volta por cima, e forma uma reputação. Se torna uma das melhores advogadas criminais e cria seu filho sozinha.

Michael Moretti, o poderoso mafioso se interessa por ela e faz de tudo para tê-la. Por saber que Michael quase destruiu sua carreira, o evita, mas por ironia do destino, acaba precisando da ajuda dele para salvar o filho (esta passagem pôs-me em lágrimas em plena viagem de comboio).

Michael e Jennifer tem um caso, e por isso, ela passa a trabalhar para a família Moretti. Uma ligação com os mafiosos.

Em pouco tempo mentiras são ditas, pessoas morrem, e Jennifer acaba numa difícil situação que só será dita pelo próprio livro.

 

Boa leitura!

Teresa S.

 

Mais sobre mim

foto do autor

Em destaque no SAPO Blogs
pub