Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Porque Sim!

Porque Sim!

IKEA "Segunda vida"

Março 21, 2017

 

foto sofa.JPG

 

Vou partilhar convosco a minha má experiência nesta nova iniciativa do IKEA e que inicialmente achei fantástica.

 

Então é assim:

Tenho um sofá cama do IKEA em excelente estado , com pouco uso. O valor do sofa novo é de 199€.

Assim que tive conhecimento desta ideia fantástica, fui ao site deles e toca de preencher o formulário com os dados solicitados e colocar umas fotos do artigo em ângulos diferente, como mandava o figurino. Ler o protocolo blá, blá, blá… e enviei.

Diziam que a resposta à avaliação seria dada entre 2 a 3 dias. Findo esse prazo recebi um email a dizer:

 

“Olá! Muito obrigado pela sua inscrição no projeto 2ª VIDA.

Estamos a avaliar o seu pedido, no entanto, tendo em conta o grande volume de contactos

recebidos nos últimos dias, o prazo de resposta poderá ter de ser alargado para uma semana.

 

E pronto ao fim de algum tempo lá recebi a resposta:

 

Olá! Muito obrigado pela sua inscrição no projeto 2ª VIDA. O seu artigo foi aceite e foi avaliado em 26€.

 

?????!!!!

 

Tendo em conta que somos responsáveis pelo transporte, temos de apresentar o artigo montado (deve ser para certificarem-se que não falta um parafuso) e ainda corremos o risco de acharem que há uma imperfeição ou algo que nas fotos ou descrição não evidenciava e dizerem que afinal “Não aceitam” , consideremos que estes 26€, seguramente, não pagariam a deslocação e o transtorno.

 

 A única palavra que me ocorre é: SURREAL!!!

 Fica aqui o meu testemunho e não percam o vosso tempo com inutilidades.

 

Um bem haja a todos!

 

Teresa S.

 

 

 

 

 

 

 

 

foto sofa.JPG

 

Hoje tive conhecimento deste projeto, os clientes Ikea podem trocar os móveis da marca por um Cartão Presente,e tenho a dizer que... gostei :)

À algum tempo aluguei uma casa vazia, o inquilino quis a casa mobiliada, mobilei, passado uns tempos teve de sair e vendi a casa, conclusão: Sobraram-me peças.

 

O processo é simples , começa online na pagina IKEA.pt/segundavida onde se preenche um formulário que será analisado por uma equipa do IKEA que avalia o produto e propõe um valor. Depois de aceite, o passo seguinte é dirigir-se à loja, numa das quatro lojas à escolha Alfragide, Loures, Matosinhos ou Braga e troca o produto pelo cartão. Estes produtos são postos à venda numa zona de oportunidades. Ganham os clientes e a loja.

 

Resta agora saber se os valores compensam aos que se poderia adquirir no Olx, uma coisa é certa, evitamos receber pessoas desconhecidas na nossa casa.

 

Em breve conto experimentar este novo conceito e partilharei a minha opinião convosco.

Boas vendas e boas compras!

Teresa Santos

Mais sobre mim

foto do autor

Em destaque no SAPO Blogs
pub