Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Porque Sim!

Porque Sim!

Uma questão de educação e sabe bem!

Julho 18, 2019

4fae10d56c8886bdc490c978bf098df3.jpg

 

Todos os dias conduzo cerca de 2 horas. Sou uma pessoa que até dou frequentemente os chamados "jeitinhos" para os outros condutores mudarem de faixa.

 

Mas quando faço um esforço, daqueles em que abrando o carro, andando muito devagar ou até paro, só faltando mesmo pôr a "passadeira vermelha" para a pessoa entrar na faixa de rodagem e esta entra e .... nada

Fico possessa, gosto que me agradeçam e dou comigo a gesticular e a dizer "obrigadinha!" .

Pelo menos, recebo um agradecimento de mim própria, por não fazer como os outros e seguir a minha vidinha .

 

A esses condutores, olhem que não custa nada e só levantar o braço com a mão esticada.

Sabe bem e incentiva a que se dê passagem no futuro.

 

 

 

Programa do momento "Supernanny"

Janeiro 25, 2018

200px-Supernanny (1).jpg

Vamos lá falar um pouco do programa “polémico” do momento…

Em todo o lado que se vai, nos noticiários, nas redes sociais ou simplesmente nos corredores do trabalho, toda a gente fala da Supernanny…

As opiniões dividem-se… uns são a favor e outros contra… o que é certo é que todos falam… quem fica a ganhar com esta polémica é a SIC, que vê as suas audiências subirem…

Por tanto ouvir falar, escusado será dizer, que tive de ir ver …

Discordo de certas atitudes, questões colocadas e comportamentos, outros nem por isso e até acho que até têm um fim pedagógico…

Como sou mãe de dois filhos, uma adolescente de 13 anos e um menino de 4 anos, sei que por vezes a vida familiar não é fácil… gerir as tarefas domésticas, tarefas escolares, a vida profissional, as tarefas extra curriculares e até gerir o marido … Uff… só de falar já me sinto cansada … e com o cansaço vem a falta de paciência etc etc… Mas também achei que os casos que foram divulgados eram um extremo de falta de regras, educação…. Enfim!!!

Eu sei que o dia a dia não é fácil… mas tem que existir uma rotina que é imposta de início e a a partir daí todos sabem o que cada um tem de fazer e tudo flui com mais naturalidade… este é o meu ponto de vista…

Concordo com a Supernanny que não se deve “bater” às crianças… mas uma palmada no rabo não faz mal a ninguém... e dada na altura certa acho que faz milagres… eu sempre ouvi dizer uma palmada no rabo faz crescer… e concordo…

O “banquinho” do descanso… pode ou não resultar … julgo que tem a ver com a personalidade de cada criança e perseverança dos pais. Sou apologista de um castigo de não deixar fazer aquilo que eles gostem…

Se eu concorria a um programa destes …. não concorria de certeza…. não expunha a minha vida familiar e intima na TV, principalmente pensando no bem dos meus filhos, que poderiam sofrer represálias…

Se aprendi algo com os programas que vi… não sei talvez um pouco, mas uma coisa é certa … para o meu filho de 4 anos, algo resultou… sim que para ele o “papão” passou a ser a Supernanny… sim, já dei por mim a dizer “olha que vou chamar a Supernanny”. E não é que resulta!!!!

E vocês o que acharam?

Elsa

Mais sobre mim

foto do autor

Em destaque no SAPO Blogs
pub