Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Porque Sim!

Porque Sim!

Sete anos de azar se partirmos um espelho

Superstições

Abril 09, 2020

transferir.jpg

Segundo Andreia Vale, no livro "Cruz credo, bate na madeira ..." algumas das explicações têm a seguinte origem

"se partirmos de crenças antigas de que o espelho reflecte a alma e não só o corpo, se se parte um espelho, parte-se também a alma. Ou seja, o que acontece ao reflexo acontece à pessoa. Também é crença que o espelho aprisionava a alma de quem nele se reflectia. Daí que na hora da morte era preciso cobrir os espelhos de uma casa para evitar que a alma do defunto ali ficasse presa, em vez de partir para o outro lado, para o além.

Aos espelhos foi também dada a função de amuletos protectores contra forças e seres diabólicos, que, de tão diabólicos que são, nem sequer podem ver o seu próprio reflexo, sob perigo de morte certa. É o caso dos vampiros.

Versão para os mais cépticos, que os há: basta que se pense que quando surgiram os primeiros espelhos em Veneza (feitos da forma e do material que conhecemos hoje), aqueles eram objectos muito caros. Para evitar que os serviçais os partissem durante os trabalhos de limpeza, foi-lhes dito que partir espelhos dava direito a sete anos de azar. "

 

Uma coisa é certa, quando parto um espelho fico sem saber o que fazer .

Já tinha lido e a Andeia faz a mesma referencia que se deve enterrar os cacos ou parti-los até não poderem reflectir.

Mas e se for um espelho grande? espero não partir um destes 

Fiquem bem 

Mais sobre mim

foto do autor

Em destaque no SAPO Blogs
pub