Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Porque Sim!

Porque Sim!

Oficialmente, pitosga ao perto

Março 13, 2019

52867293_2474678962604705_504178909433036800_n.jpg

 

Antes dos 40 via lindamente, não me escapava nadinha.

Lembro-me de ir para reuniões com mapas em letra pequena e de um colega me dizer "quando chegares aos 40 ... falamos".

 

Acho que ele me rogou uma praga , pois aos 42 a falta de visão ao perto começou a aparecer.

Ainda consegui não usar óculos durante um tempo, mas cada vez esticava mais o braço para conseguir ler qualquer coisita, até que o braço chegou ao seu limite .

 

Hoje, quase não consigo escrever sem óculos, responder a um questionário deve ser lindo de se ver, afasto para ler, aproximo para escrever e a letra, ai a letra, que já não era bonita, agora ainda está pior.

 

Outro cenário que me causa transtorno, são as aulas de inglês. Tiro os óculos para ver/ler no quadro e ponho os óculos para escrever, às duas por três, já ando toda trocada e quem está ao pé de mim, ri a bom rir .

 

E é isto, estou oficialmente pitosga ao perto .

 

 

 

E num piscar de olhos estou nos 42!!!!

Março 12, 2018

as%20melhores%20coisas%20da%20vida%20não%20são%2

É verdade!!! Até custa a acreditar…

Quando fiz 40 anos foi um marco da minha vida… isto é… antes dos fazer achei que tudo iria ser diferente e que a partir desta data iria ser “uma adulta”… porque só o número pesa e achei que iria-me sentir mais “velha”… pois mas tudo ficou igual…

Desde pequena que achava que uma pessoa de 40 anos é uma “kota” então que assim seja uma “Kota” que se sente bem consigo mesma !

Logicamente os anos não deixam de passar por nós… e vão aparecendo no nosso corpo os sinais da idade, mas para dizer a verdade não me sinto “velha”… sinto-me mais serena, mais paciente e consequentemente mais qualidade de vida. Viver um dia de cada vez e cada vez mais intensos, não deixar por fazer o que se pode fazer hoje, "mais as coisas boas claro ". Dizer mais “que te amo” para todos aqueles que são insubstituíveis na nossa vida

Aprendi a não sofrer com coisas pequenas e ter coragem de encarar os problemas com outro olhar… afinal, problemas são apenas fatos que não ocorreram de acordo com o desejado, e o tamanho deles é aquele que nós o atribuímos.

Tive a felicidade de ter uns pais e irmãos que sempre foram presentes e que foram o meu grande pilar e continuam a sê-lo… ensinaram-me os valores morais mais importantes que tenho e que tento aplica-los diariamente…

Conquistei os meus bens mais preciosos que são os meus dois filhos e o meu marido, por isso só tenho a agradecer a eles pela felicidade que me proporcionam diariamente e que espero que dure para a vida toda !!!

Agradeço a todos os que se cruzaram na minha vida ao longo destes anos… todos eles foram importantes na minha vidas e que contribuíram para o meu crescimento e valores obtidos.

O que mais posso dizer… estou a adorar esta vida e espero que Deus me conserve mais uns aninhos com saúde e paz para poder continuar nesta jornada que é a Vida!!!

Parabéns a mim pelos meus 42 anos!!!

Elsa

O cabelo branco

Maio 23, 2017

image_2017-05-18_18-06-57.jpeg

Tenho 46 anos e ainda não pinto o cabelo .

Colegas mais novas (incluindo algumas das Ladys ), já pintam há anos, por causa dos branquinhos que teimaram em aparecer demasiado cedo. E eu, orgulhosamente, a mostrar o meu cabelinho fraquinho, mas todo ele castanhinho.

 

Até ao dia em que ele apareceu , o meu primeiro e super visível cabelo branco . O Sacaninha, não é fraco como os outros, não, todo ele forte e espetado, para toda a gente o ver. Claro está, que de vez em quando lá se ouvia "tens um cabelo branco" .

 

Neste último ano apareceu o sacaninha II, este mesmo em frente, não há como o esconder, pior.... timidamente está a fazer amiguinhos, que por sinal, são tão fortes quanto ele .... Já não acho piada nenhuma a isto.

Se continuam a aparecer desta maneira, não tarda lá terei de começar a pintá-lo .

Marina

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Em destaque no SAPO Blogs
pub