Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Porque Sim!

Porque Sim!

Qualquer dia fecho tudo

Redes socias

Outubro 29, 2019

redes-logos.jpg

 

Nem sei porque continuo, quer dizer, sei, sempre vou vendo noticias de pessoas que estão longe.

Na semana passada, adicionaram-me a um grupo que partilha ideias do que fazer para o jantar. 

É um grupo agradável de partilha de sugestões gastronómicas. Por exemplo, temos uma courgette grande e não sabemos o que fazer, colocamos a pergunta no grupo e logo aparecem uma série de sugestões.

Qual não é o meu espanto, quando vejo uma publicação da administradora do grupo a dizer que tinha de eliminar comentários desagradáveis e ofensivos publicados no grupo , não tinha visto nada e passou-me um bocado ao lado.

Até que vejo a publicação de uma mãe a pedir sugestões para fazer marmitas para a filha que está a estudar fora (algo que temos em comum) e a primeira resposta foi logo "porque não ensinas a tua filha a cozinhar" e por aí fora.  Que desagradável, vieram logo uma série de pessoas "defender" a mãe e o foco do grupo foi por aí abaixo.

Este foi um pequeno exemplo, é o que mais vemos por aí, pessoas que atrás do ecrã dizem tudo o que lhes apetece, por vezes só com o prazer de provocar.

Já não partilho nada, mas não tarda fecho tudo, estou farta de ver destilar veneno .

 

 

 

 

Cuidado com o que se lê nas redes sociais

Junho 27, 2017

break-car-windows-rescue-dogs-heat-florida-law-6.jpg

 

Anda a circular nas redes socias, que, nos casos em que se vê um animal dentro de um carro em sufoco, pode-se partir o vidro sem que com isto estejamos a incorrer num crime.

As publicações, inclusive mencionam que se deve tirar uma foto antes da quebra do vidro, justificando a ação de quebra, com base no artigo 34º do código penal relativo ao Direito de Necessidade.

 

Atenção que não é verdade, a quebra dos vidros por um civil é considerada crime de dano.

 

Nestes caso, devemos chamar as autoridades que irão averiguar os donos da viatura e em caso se risco, estes sim, podem partir os vidros.

Marina

Mais sobre mim

foto do autor