Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Porque Sim!

Porque Sim!

Festival da Canção 2017

Fevereiro 17, 2017

microfone.JPG

 

Ainda sou do tempo em que se ligava ao Festival da Canção, era aguardado com ansiedade.

O País quase parava, não se via ninguém na rua, ficávamos a ouvir as votações até tarde e por fim a canção vencedora surgia.

Cantarolava-se a canção no dia seguinte, falava-se no tema nos dias seguintes… e até ao Eurovisão não se ouvia a dita na rádio, era mantida tipo em sigilo.

 

Hoje em dia não se fala ou quase nada no tema.

 

Também…como direi… ultimamente, diga-se que as canções escolhidas deixam muito pouco a desejar…é o que temos.

E pronto vai haver mais um certame a primeira semifinal será já no domingo 19 de Fevereiro e a 2ª semifinal dia 26 de fevereiro, a 5 de Março será a final.

 

Bem, aguardemos uma canção que nos represente com distinção no Festival Eurovisão da canção 2017…

 

Boas Canções e Bom fim de semana!

Teresa S.

Série Duarte & Companhia!!!

Outubro 04, 2016

Duarte e Companhia RTP.jpg

Quem se lembra da série Duarte & Companhia? Melhor ainda, quem é do tempo desta série?

Duarte e Companhia foi uma série portuguesa de comédia policial, produzida pela RTP, transmitida pela RTP1 nos anos 80 (1985-1989), cuja ação se centrava nas aventuras de uma dupla de detetives da polícia.

Quem viu esta série recorda-se de certeza do carro desta dupla, um emblemático Citroën 2CV vermelha. No entanto, esta só foi utilizada a partir de 1986, nos episódios anteriores o veículo de Duarte era um mini. O papel principal era representado por Rui Mendes, António Assunção era o Tó e Paula Mora a secretária Joaninha.

E quem não se lembra do ator António Rocha? Era conhecido pelo seu farto bigode. E do “chinês” com a sua frase que ficou até ao dias de hoje "eu não sel chinês, eu sel japonês". Infelizmente ambos já partiram…

600 (1).jpgimg_650x412$2016_04_15_12_18_43_119800.jpg

Apesar de as aventuras dos protagonistas e de as cenas de pancadaria serem constantes, em toda a série nunca houve uma única gota de sangue. Pelo contrário, as gargalhadas foram dominantes.

Emblemático também foi o genérico do programa, ao longo da 2ª Circular e depois perto da Ponte 25 de Abril, ao som do magnífico tema “Duarte & Companhia”.

https://www.youtube.com/watch?v=RFYmD5ODGsU

Eu diverti-me muito a ver esta série .

Elsa

 

 

 

 

Estrangeirismos – o meu início

Setembro 29, 2016

965840-all.jpg

Há muito tempo.... 

Num processo de reestruturação de equipa, em que incluia a redistribuição de tarefas, recebemos da nossa nova diretora uma listagem com as tarefas a atribuir a cada um.

Na listagem constava o nome da tarefa, seguida da pessoa responsável pela sua execução, sendo esta identificação as iniciais do nosso nome, no meu caso “MMJ”.

 

Estando eu e os meus colegas a analisar a listagem, verificamos que uma série de tarefas estavam atribuídas a “ALL”, ficamos intrigadíssimos, não havia ninguém com aquele nome, iria ser contratada uma nova pessoa?

Andamos a remoer no assunto até à reunião de tarefas. Qual é o nosso espanto ao verificar que “all” eram “todos”, pois estava em inglês. Foi uma risota, que acabou por ser o “ice breaker” ou quebra-gelo , na nossa primeira reunião.

 

Hoje em dia os estrangeirismos são muito utilizados e confesso que já não vivo sem eles.

 

Marina

 

 

Quem se lembra de Vasco Granja??

Julho 28, 2016

vascogranja2b.jpg

Vasco de Oliveira Granja foi um apresentador de televisão português, reconhecido pelo seu grande contributo para a divulgação do cinema de animação e da banda desenhada em Portugal.

O termo “banda desenhada” é, aliás, utilizado pela primeira vez por Granja num artigo publicado pelo “Diário Popular” em 19 de Novembro de 1966.

Em 1974, deu início a um novo programa de televisão, ainda a preto e branco, denominado "Cinema de Animação", na RTP, que viria a durar 16 anos, com mais de mil programas transmitidos.

Este espaço dava a conhecer a animação de todo o mundo, desde animação realizada nos países do leste da Europa, até à proveniente da América do Norte. Vasco Granja pretendia, divulgar, para além da própria animação, uma mensagem de paz, que considerava estar presente em muitos dos filmes da Europa de Leste que transmitia. Foram apresentados várias séries e personagens, como por exemplo, a Pantera Cor de Rosa, os Looney Tunes, Lucky Luke ou Bolek e Lolek, como também o lendário Lápis Mágico.

Este programa fez parte da minha infância que recordo com saudade .

Quem não se lembra… boas recordações .

https://www.youtube.com/watch?v=QPi4KP1EisY

Elsa

Recordar é Viver….Carlos Paião!!!

Julho 27, 2016

800 (3).jpg

Eu sou do tempo em que o Festival da Canção era um programa imperdível em que toda a família se reunia no sofá para ver…

Foi no ano de 1981 que Carlos Paião concorreu ao Festival da Canção com a musica Playback e ganhou deixando para trás cantores “fortes” como as Doces ou Joé Cid. Esta edição do festival ficou memorável tanto pela canção, que era uma crítica à realidade dos espetáculos ao vivo, o playback, como a vestimenta usada pelo cantor e seu coro. Carlos Paião vestiu um casaco azul prateado e as suas “partners” envergavam macações bastante coloridos .

playback.jpg

Infelizmente partiu bastante cedo, com apenas 30 anos, no Verão de 1988 num acidente automóvel bastante violento. A sua morte foi alvo de polémica devido a um alegado mito urbano de que Carlos Paião foi enterrado vivo, dizem que o seu caixão estava arranhado e que o corpo estava virado ao contrário, porém são escassas as fontes fiáveis relativas a este assunto.

Deixou bastantes músicas, para mim, inesquecíveis e intemporáveis, tais como Pó de Arroz, Playback, Cinderela

As suas músicas agradam todas as gerações, exemplo disso, é o meu filho que ainda não tem três anos e adora a música Cinderela e sabe sua letra toda.

 https://meocloud.pt/link/39176028-329e-4e69-a65d-8632f920d70c/20160430_131443.mp4/

Para mim Carlos Paião estará sempre vivo nas suas canções .

https://www.youtube.com/watch?v=O83OTfo_7jo

https://www.youtube.com/watch?v=tvCTD-RSl5E

https://www.youtube.com/watch?v=VIqq1XJNkBw

Elsa

 

Eu sou do tempo em que…. eu era o comando de TV da família!!!

Julho 07, 2016

 

9527589-ni-o-con-control-remoto-y-oso-de-peluche-para-colorear-libro-Foto-de-archivo.jpg

 Eu sou do tempo em que a TV só tinha 2 canais e era a preto e branco! Xiiii como o tempo passa!!!

Agora existem centenas de canais à escolha que, no meu caso, nem sei ao certo quantos tenho e quais são estes canais…

Mas voltando atrás no tempo… na minha infância a TV era a preto e branco e a escolha resumia-se a dois canais RTP1 e RTP2. E quanto às TVs terem comando à distância, isso era uma coisa do futuro.. uma coisa que não sabía vir a existir… .

Como casula da família, eu era o comando da TV lá de casa… grrrrr . Os meus pais e meus irmaõs mais velhos, tenho dois, sentavam-se no sofá da sala, sim… só tinhamos uma televisão em casa, e “mandavam-me” ir mudar de canal….

Pensando no ponto positivo…ainda bem que só existiam dois canais… agora pensem se, nos dias de hoje, não houvessem comandos e se fosse para fazer um zaping pelos mais de 100 canais… era uma canseira mas estávamos todos elegantes… hihihi… .

Lembrei-me disto, outro dia, quando estava a ver TV com a minha filha de 11 anos no sofá e ela tinha o comando do seu lado… Eu pedi-lhe para mo dar e ela com um ar todo intrigado, porque estava a jogar no telemóvel, responde… “Ohhh mãe, agora não posso…estou a jogar” e eu penso…e só tinha de esticar o braço… no meu tempo tinha que me levantar e ir até à TV para mudar de canal… Outros tempos

Elsa

A Pantera cor de Rosa!!!

Junho 30, 2016

ax5529ea12.jpgPersonagens-rosa-2.jpg 

Quem não se lembra da Pantera cor de Rosa? Isto é, quem é do tempo da Pantera cor de Rosa?

A Pantera Cor-de-Rosa é uma pantera fictícia que apareceu originalmente em 1963, na abertura do filme The Pink Panther.O sucesso foi enorme e fez com que fosse produzida uma série de desenhos animados. Os mais de 120 episódios tiveram em média seis minutos de duração.

A primeira série foi produzida pelo estúdio de animação americano DePatie-Freleng Enterprises, de 1964 até 1980.

E a sua banda sonora… é inesquecivel… .  A música é de Henry Mancini "The Pink Panther Theme Song".

https://www.youtube.com/watch?v=v-emXsgCfNE

Elsa

Mais sobre mim

foto do autor